Um amor que vem do outro lado do mar.
09 de Julho de 2009




 


                             


Eu li, muitas repostagem como essas, mas nenhuma tinha tanta informação bacana, quanto  essa tem.


Brasileiros são os que mais casam com portugueses entre imigrantes em Portugal.

Fernando Moura


Especial para o UOL


Em Lisboa (Portugal)


 


Dos 2.959 casamentos realizados em Portugal em 2005 dos quais se incluía um imigrante, em 57,4% dos casos o cônjuge feminino era de origem brasileira. Também entre os cônjuges masculinos é de assinalar a importância dos brasileiros, com um peso inferior, mas ainda assim correspondendo a 21,6% dos casamentos, anunciou o Instituto Nacional de Estatísticas (INE) de Portugal.



Os números demonstram, segundo o governo português, que tem aumentado os casamentos na busca da nacionalidade portuguesa por parte das brasileiras, já que das mulheres envolvidas nestes casamentos cerca de 75% tem nacionalidade estrangeira, situação distinta à dos cônjuges masculinos, onde a maioria tem nacionalidade portuguesa (64,2%).







 


Os brasileiros e os casamentos em Portugal



  • 57,4% das mulheres imigrantes que casaram no país eram brasileiras

  • 21,6% dos homens imigrantes que casaram no país eram brasileiros

  • 87,4% dos portugueses com esposas estrangeiras casaram com brasileiras

  • Em 2005, apenas 52 de 638 homens brasileiros casaram com brasileiras

  • 107,8% foi o crescimento no número de casamentos com estrangeiros em Portugal


INE de Portugal, 2008.


 


Se quizer ler toda a reportagem, o link está logo abaixo:


Reportagem





Lendo essa reportagem, eu fiquei pensando.


No que se dá, tal atração?! É irônico dizer, que isso os opostos se atraem.


Mas se eu pensar assim, atinjo rapidamento a resposta mais facil compreendida.


E sabe, isso não está tão longe do obvío.


É quase certo, que em cada 10 de uma familia, haverá um luso-brasileiro.





Essa história que vou contar agora é legal. Como diria um portuquês e bem fixe....tá mais pra porreira.


 



 


Brasileira e português se casam em avião da TAP no Porto





José António Santos e Eliete Ferreira deram hoje mais sentido à expressão "o amor está no ar", ao celebrarem o seu casamento a bordo da aeronave da TAP "Infante D. Henrique", aproveitando uma parada do avião no aeroporto da cidade portuguesa do Porto.


O casal se conheceu há um ano, no vôo TP185, que os transportava de Lisboa a São Paulo. Eliete, uma psicoterapeuta brasileira, regressava ao seu país natal após ter ministrado em Portugal alguns seminários na sua área de trabalho.


Já José António, português de Gaia, repetia uma viagem que realizava com alguma frequência. Pouco depois da decolagem, fazendo uma pausa na leitura do livro "Como mudar a sua vida em doze semanas", deu por conta que estava observando o rosto de Eliete e daí à primeira troca de palavras foi um instante.


José António afirma que "foi amor à primeira vista e, desde esse dia, nunca mais nos separamos. Viajei mais duas vezes para São Paulo e, em outubro do ano passado, a Eliete veio morar em Portugal".


"O nosso amor - continua ele - começou nos céus e a TAP foi o nosso cupido, e por isso cultivamos o sonho de poder casar num avião da companhia. Graças à ajuda e grande empenho da TAP, Groundforce e ANA, foi possível concretizá-lo e estamos muito emocionados e felizes".


A juíza que conduziu a cerimônia civil, Cidália Silva, considera que este foi o casamento mais original que já celebrou: "Para mim, realizar um casamento num local tão inusitado e, dessa forma, contribuir para realizar o sonho do casal, foi uma grande satisfação".



 


Reportagem completa


 


 







 


 


 

publicado por brasileportugal às 19:13
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
18
19
22
24
25
26
27
28
29
30
31
arquivos
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Vlw brasileportugal, muito obrigado por compartilh...
Brigado Theus!!
sempre serei , eu e a minha familia . amaremos mor...
Como sempre Janiinha, vc é muito popopoétiica....h...
Concordo...Mas não há tristeza q dure para semprii...
Concordo plenamente.....Nada mais a falar!!!
Pois é, Luli...Em primeiro lugar sejá sempre bem v...
eeh essa hora foi muito difícil para todos nos cru...
muito legal ... é bom saber que portugal tem um pe...
blogs SAPO